(11) 2950-8312 / (11) 2283-1004 / (11) 7736-5613


Quero receber notícias no meu e-mail

Dicas para ser um Profissional de Talento

Vai fazer o currículo? Valorize sua história

 

Por Fabíola Lago

Muitas pessoas quando precisam fazer um currículo buscam na internet formulários padrões, o “currículo mais moderno”, se o correto é colocar escolaridade antes do idioma, a experiência profissional por ordem cronológica ou pelas experiências mais relevantes. Quando vão para sites on line, o desespero triplica. Sem saber o que colocar nos campos solicitados, a demora é tanta que acaba por cair o sistema, estressando ainda mais quem já está procurando um emprego.

Para facilitar essa etapa tão importante, acredite, antes de encontrar o “melhor modelo”, digitar seu nome ou objetivo profissional, você precisa… Pensar no que vai escrever. Como vai se apresentar. Quem é você? Quais foram e são os seus trabalhos mais importantes, os que você mais curtiu fazer ou, que pretende fazer, se especializar, transformar em uma carreira.

Bloco de papel na mão, ou anotação no computador, como preferir, reserve duas horas para elaborar o que colocar no seu currículo.

A primeira pergunta “matadora”, com ou sem experiência profissional: onde você faz a diferença? Seja na sua trajetória escolar/acadêmica, em um grupo de voluntariado, na empresa Junior ou no centro acadêmico, quais eram as funções que exercia com facilidade ou que delegavam a você porque confiavam na sua habilidade? Liste, escreva, sem preocupações de apresentar para alguém. Essa anotação é sua.

Se você já tem experiência profissional, pense da mesma forma: quais são as tarefas que você se sente um talento: atendimento ao cliente, relacionamento interpessoal, na elaboração de planilhas? É melhor com números ou com redação. Ou nas duas coisas? Você lidera com facilidade? As pessoas escutam o que você tem a dizer? Ou você é a pessoa que melhor escuta a todos?

 O que você quer fazer? Agora que você já listou seus momentos de destaque, pense que cargos ou profissões melhor se ajustam às suas habilidades. É uma boa você conciliar a suas habilidades com a profissão ou cargo que pretende ocupar. Mas coloque aí mais um ingrediente: além do que você já sabe fazer, o que mais gostaria de desenvolver como competência?

Onde você gostaria de trabalhar? Capriche nessa lista porque vale tudo. Vale sonhar alto e pisar os pés no chão também. Pense em segmentos primeiro: Moda? Engenharia? Serviços? Vendas? Planejamento? Marketing? Tecnologia? Esse já é um passo super importante. Pense nas suas afinidades, na sua curiosidade. Depois, coloque em ordem de prioridade. Abaixo de cada grande área dessas, as empresas que você admira e que por qualquer motivo tenha interesse. Pode ser pela localização, próxima à sua casa ou escola. Ou porque a empresa oferece bolsa-estudo. Questões como responsabilidade social, ações de sustentabilidade e as práticas da empresa também podem pesar na sua escolha.

 Pesquise, entre no Google, saiba tudo sobre essas empresas. Entre nas páginas de “Trabalhe conosco”, é lá que costumam constar essas informações sobre benefícios, fotos do ambiente de trabalho, e o jeitão da empresa com seus clientes, com o meio ambiente, inovação entre outros fatores importantes.

 Agora sim! Com essa lista em mãos você pode preencher ou elaborar seu currículo. Você já terá muito mais claro qual seu objetivo profissional, que deve ser o cargo que você procura e sabe que dá conta do recado, vai fazer bonito na hora de descrever sua própria trajetória profissional. Dê destaque nas suas experiências mais bem sucedidas, seus grandes desafios, não importa se é grande para outras pessoas, é o seu melhor! E é isso que interessa.

Com esse exercício de reflexão, você não só vai compor seu currículo muito melhor, como também se sairá muito bem nas entrevistas de emprego, porque estará seguro(a) de suas competências, seus desafios e os próximos passos para sua vida profissional.

Boa sorte!

Fonte: http://www.vagas.com.br/profissoes/dicas/vai-fazer-o-curriculo/ 



Ver todas as dicas