Apesar de números da secretaria da educação nos mostrarem um aumento nas matrículas de cursos superior por parte das pessoas com deficiência, ainda percebemos a dificuldade por parte das empresas em contratar profissionais com deficiência. As dificuldades percebidas são desde encontrar profissionais alinhados com a cultura como também, as habilidades técnicas necessárias para as posições.

A lei de cotas abre caminhos para que pessoas com deficiência sejam contratadas pelas empresas, porém, apenas 1% das pessoas com deficiência foram contratadas em vagas formais no Brasil.

É possível desenvolver profissionais com deficiência para que estes tenham as habilidades alinhadas aos desafios da posição e ao perfil da empresa. A capacitação é uma ação bastante eficaz quando o assunto é desenvolvimento humano, é possível desenvolver conteúdos para aprimoramento das habilidades técnicas, como também das habilidades comportamentais.

Capacitação aliada da inclusão


A Capacitação é uma ação aliada que auxilia a inclusão de profissionais com deficiência no mercado de trabalho, foi pensando nisso que o Mercado Livre desenvolveu o projeto Meli para todos, que teve a sua primeira turma no início deste ano no formato presencial em e a segunda turma, devido a pandemia, adaptada para o formato online.

 “O projeto nasceu do interesse do Mercado Livre em potencializar o perfil de profissionais com deficiência, tanto do ponto de vista técnico quanto de soft skills, para que tenham ainda melhores oportunidades de empregabilidade, seja no próprio Mercado Livre ou em outras empresas.”, relata Carolina Recioli Filgueiras, gerente de Talentos, Diversidade e Inclusão e Aquisição do Mercado Livre.

A executiva ainda aponta que um dos principais diferenciais dos cursos é a aplicação de atividades semanais para que os alunos busquem soluções para desafios do dia a dia que existem dentro da companhia. “Com isso, desenvolvemos as habilidades pessoais de cada um, ao mesmo tempo que os convidamos para uma imersão na cultura da empresa, o que aumenta bastante a chance de serem contratados no final do processo”, conclui ela.

Realizar a inclusão de profissionais com deficiência pode significar a necessidade de criar possibilidades que através da capacitação podem transformar a vida da pessoa com deficiência.

 A pessoa com deficiência sofre exclusão e desvantagens sociais que ocorrem na saúde, educação e falta de acessibilidade, por isso, quando a pessoa com deficiência chega no mercado de trabalho, possui desvantagens e em alguns casos uma defasagem de conhecimentos, neste sentido a capacitação é uma forma de oferecer oportunidades para que estes profissionais se desenvolvam e conquistem a inclusão por meio do trabalho.

Quando o assunto é capacitação, entre em contato conosco e conheça outros cases de sucesso!